Quem somos

Entre os pinheiros da serra catarinense uma terra foi destinada a uma experiência em busca da restauração do respeito e companheirismo dentro da comunhão social (fraternidade aplicada à economia sustentável).


Um objetivo que só se poderá alcançar com a união entre o trabalho e o investimento que geram parceria e confiança entre aqueles que compartilham a terra, e podem dessa forma evoluir para a comunidade que almeja a autossuficiência, aliviando assim a carga social gerada ao sistema, e possibilitando aos indivíduos mais tempo para se dedicarem a suas aptidões pessoais.


Temos a consciência da necessidade de superar a apropriação individual dos bens comuns que gerou enorme desenvolvimento para a Humanidade, porém com graves desequilíbrios. O nosso diferencial é que acreditamos poder propiciar ferramentas sociais para que cada vez mais gente consiga se livrar das relações impostas por aluguéis, juros e salários.


Sem dogmatismo e religiosidade, cada ato na TERRA COMUM estará imbuído de espiritualidade, tal como o era tradicionalmente em nossas ancestralidades, no sentido de reconexão com o Sagrado e da busca da Cura do Ser e dos seres que nos caberá gerir, sejam humanos, animais ou vegetais.


Damos ênfase que nossa proposta NÃO É UMA PROPOSTA COMERCIAL. Ninguém aqui busca o seu sustento ou lucrar com a venda da terra. O objetivo é resgatar a PROPRIEDADE COLETIVA na sua forma produtiva e autogerida resgatando-se a centralidade das relações humanas sem virar as costas para a realidade dos dias de hoje.